Notícia - 15/01/2019 - 9:00

Eye Tracking: Como melhorar o desempenho do seu projeto digital

Eye Tracking da forma popularizada como conhecemos hoje, surgiu por volta de 1988, porém, bastante intangível devido o seu alto custo de implementação. Atualmente, sua metodologia vem se tornando mais acessível. Com isso, as pesquisas e aplicações estão sendo desenvolvidas apoiadas em seus insights.

Atenção:  Esse artigo pretende demonstrar como a tecnologia Eye Tracking pode ser utilizada para aperfeiçoar o desempenho de Websites, Aplicativo, Gôndolas e Sistemas. Antes disso, convido você a pesquisar outras aplicações dessa tecnologia fora deste mercado específico de Marketing Digital.

A tecnologia de Eye Tracking, em muitos casos é usada para validar qual é a melhor execução de um determinado produto na vitrine, gôndola ou display. Como por exemplo: Quando um cliente chega em um ponto de venda (PDV), olha para uma prateleira cheia de produtos, para qual produto seu olhar será capturado primeiramente? Qual produto chama mais a sua atenção? Quanto tempo ele olha para este produto? 



Todas essas informações são importantes, para comparar o quanto devida embalagem é mais atraente comparado aos concorrentes. Isso impacta nas vendas. Vamos a outro exemplo: Quando um médico especialista faz o diagnóstico de uma doença através de exame de imagem e olha um Raio X, por onde ele passa mais tempo olhando? Quanto tempo ele leva observando essa imagem antes de proferir um diagnóstico? Desta forma, os dados extraídos do Eye Tracking podem ser utilizados para repassar ensinamento técnico a outros médicos.

Médico l Foto Pixabay

Falando em Marketing Digital, essa tecnologia é muito importante, pois muitas vezes se gasta milhões para publicidade, website, aplicativo e pouco é investido na qualidade e estratégia dos estímulos visuais e emocionais presentes na interface. É nela que o usuário(a) vai interagir com seu olhar; em qual parte ele(a) vai dedicar tempo, ou se ele(a) está percebendo aquilo que está em destaque. Dentro das análises de dados quantitativos, como os do Google, Funil de conversão, Teste AB, Testes de usabilidade e Mapa de calor, o Eye Tracking por intermédio de um dispositivo de captura do movimento ocular (Câmeras especializadas + Software específico) são extremamente relevantes. Principalmente para detectar como tornar mais amigável a navegabilidade de um Website.


A partir deste entendimento, os elementos do site, tais como: Reposicionamento de informações, Mudança de cores, Determinação de locais de pontos de destaque, podem ser alterados para proporcionar melhores resultados na experiência de seus usuários. Nesse caso, não adianta um teste superficial com uma amostra pequena. Em um mundo globalizado as pessoas são diferentes e têm formas diferentes de ver as coisas, o processo ideal é que o teste seja feito com uma quantidade relevante de diferentes perfis de usuários, dentro do público alvo do projeto. Nisto sim, os dados são válidos para indicar como a maioria dos usuários estará apto a se comportar e agir ao utilizarem àquele determinado software ou aplicativo, e-mail marketing ou um simples banner.


Procuramos na Webeleven usar a ciência em prol dos nossos clientes e fazer a experiência do usuário um requerimento do projeto fundamental, e os resultados dos nossos clientes uma meta. Eye Tracking faz parte dos nossos protocolos juntamente às demais ferramentas de UX as quais usamos no nosso processo de análise e validação de interfaces. E, por tal expertise, somos consultados diariamente para proceder análise de diversos sites, aplicativos e teste de usabilidades. Em vários casos, conseguimos aumentar a taxa de conversão em mais de 50%.


Com isso, vamos confirmando padrões comportamentais de usabilidade, salvando tempo das pessoas e salvando horas de manutenção de projetos entregues. Benefícios reais a todos os envolvidos. Sua empresa está investindo na Tecnologia Eye Tracking para os projetos digitais? Entre em contato com a equipe comercial da Webeleven e vamos juntos, aumentar a taxa de conversão.


Este artigo também se encontra no portal da Digitalks, juntamente com outros conteúdos: https://digitalks.com.br/artigos/eye-tracking-projetos-sob-uma-otica-mais-aprimorada/

Escrito por: Albert Florencio da Costa

Doutor em Tecnologia e Design Digital, pesquisador no Human Centered Computing Lab da Universidade de Clemson, SC -  EUA e sócio proprietário das Empresas Webeleven, ABDUCT e Netsun com operações no Brasil e no EUA.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS