Notícia - 08/05/2019 - 14:56

O Criativo além da Criação

O Marketing Digital, que tem bastante do seu campo de ação associado a tecnologia da informação e também a internet, trouxe novas exigências em se tratando das competências e qualificações dos profissionais que migraram para estas atuações ou aqueles que estão em formação.

Podemos observar nas demandas do dia-a-dia deste grupo de atuantes do setor de desenvolvimento tecnológico, uma maior proximidade ou melhor, uma fusão com uma área comumente chamada de "criação" ou "criativo". Pelo menos em ambiente agência, essa denominação estava mais ligada aos colaboradores que conferem a parte visual das campanhas, das demandas de layout, do design, grafismos, ilustrações, etc.

Tanto o desenvolvimento de aplicações web based, quanto produção de conteúdo web, conferiu um casamento entre áreas tão íntimas, que os profissionais destas áreas adquiriram o direito de também se entenderem e se venderem como "criativos".

Vamos explicar melhor, o quê é isso e de quem estamos falando.


Atendimento de projetos de aplicações web based


Os profissionais de atendimento numa agência de desenvolvimento tecnológico, já atuam como consultores de negócios online. Não somente para serem capazes de criar estratégias para gerenciar e entender a complexidade e dinamicidade dos projetos, mas também para criar um processo de comunicação aberto e transparente, capaz de minimizar ruídos e melhorar a produtividade da sua equipe.

O dinamismo presente na realidade do profissional da área de atendimento de projetos o coloca em situações corriqueiras que vão desde as tensões de prazo, passando pela qualidade, custos chegando até a diferenciadas necessidades, interesses e expectativas. Um planejamento bem pensado e é capaz de balancear a expectativa do cliente com as habilidades da equipe, a fim de atender os dinâmicos objetivos (dinâmicos, sim, pois em um projeto, o objetivo inicial por vezes, se modifica até a sua conclusão).

Indo além disso, o conceito de criativo, tem sido ampliado no nosso contexto tecnológico. Criatividade hoje não é apenas inventar uma solução e "tirar um coelho da cartola". A criatividade vem de você saber utilizar elementos que já domina, o seu repertório, e utilizá-lo de formas diferentes em realidades diferentes. Com o tanto de inovações que já temos sendo lançadas no mercado hoje (Realidade Aumentada, Realidade Virtual, IA e outras inovações), vence quem sabe tirar o melhor delas para incluir em uma proposta para o cliente.

A criatividade está em olhar tudo o que já foi feito, ver o que deu certo ou não, e conseguir replicar de uma forma inovadora capaz de atender a uma outra necessidade específica. Apesar do público final variar muito, as necessidades e objetivos não costumam variar tanto assim (engajamento com público final, construir relacionamento, digitalizar e automatizar processos internos).


Profissional de Desenvolvimento tecnológico


Uma vez que a liderança da empresa decidiu em quais tecnologias investir, conduzindo um comprometimento global da organização, podemos considerar que recai na figura do desenvolvedor a missão de amarrar tudo aquilo que foi apresentado como desejáveis e requerimentos funcionais de um projeto.

Os desenvolvedores precisam se atualizar em relação às ferramentas e tecnologias mais recentes e trabalhar de perto com a equipe de design para criar a melhor experiência possível através das boas práticas de UX. São estes profissionais que precisam identificar as soluções certas, plug-ins, frameworks e APIs, para otimizar a performance e os pontos chaves do projeto, como o melhor fluxo para um e-commerce conduzir seu usuário ao checkout.

A responsabilidade de testar inteiramente o projeto pensando como cliente - usuário também requer criatividade no sentido de considerar os mais diversos cenários de testes, dimensionamento e volumetria de infraestrutura.

Se lançarmos o olhar especificamente para aplicações contendo tecnologias como Realidade Aumentada e Realidade Virtual que estão aparecendo por toda parte, caberá aos programadores e animadores 3D elevar a qualificação de um projeto. Uma entrega primorosa se dará pela habilidade e o discernimento em se realizar a parte criativa e artística, atrelada a construção técnica das aplicações, sem perder de vista os prazos estabelecidos.

Assim sendo, um “material” superior é atingido quando o conjunto da obra obteve nos componentes de sua elaboração nada menos do que o melhor em todas as esferas da criação a implementação. Seguir com assertividade em tudo isso é difícil, sem dúvida.

Vale aqui portanto, dividir algumas considerações com vocês prezados leitores:

1 - Cada job é um job, o legado aperfeiçoado na prática com o ferramental (software, processo)  é sem dúvida um benefício do esforço percorrido, mas o mergulho investigativo, criativo e refinamento é único para cada job.

2- Preocupação constante em melhorar o seu padrão, algo como não querer “manter uma assinatura” e sim entregar inovação, entregar o surpreendente, sempre.

3 - Tratar com muita distinção a parte de desenvolvimento de software X criação dos conteúdos.

Por lidar com diversos projetos e clientes diferentes, a realidade e contexto do usuário final muda bastante. Então, quando o cliente procura a consultoria e expertise da Webeleven, nós precisamos sempre ter domínio dos projetos que estão em andamento e tem sido um sucesso. O que o cliente quer é resultado, e nós, como parceiros, temos o objetivo de mostrar soluções novas para o contexto dele e que sejam capazes de atender essa necessidade.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS